.org 

 <  >  19/2/2019

Prótese dentária de silicone

Prótese flexível

Nos últimos anos surgiram vários materiais termoplásticos com aplicação dentária. Entre eles destacamos o silicone e o nylon. A principal característica comum a todos é a flexibilidade. O seu uso restringe-se à área da prótese parcial removível - PPR Flex.

Esta propriedade (elasticidade) permitiu substituir os ganchos metálicos das PPR, com vantagem estética evidente. Em termos funcionais não são tão eficazes. Ás vezes eles são chamados de ganchos invisíveis, ou diz-se que são próteses sem ganchos, o que não é verdade. Existem sim, mas na cor da gengiva ou dos dentes, por isso menos percetíveis.

Além disso, a base da dentadura flexível, sendo no mesmo material dos ganchos, tem um impacto negativo sobre o osso alveolar e tecidos moles agregados.

Apesar de o silicone e a resina termoplástica poderem ser utilizados em dentaduras removíveis com um número variado de dentes, são progressivamente menos indicados à medida que o número de dentes aumenta.

As reparações das próteses deste tipo trazem acrescidas dificuldades técnicas, igualmente quando é necessário acrescentar algum dente à dentadura. Isto pode ser um problema porque nem todos os laboratórios de prótese estão preparados para fazer consertos e alterações em próteses flexíveis. Como é uma material menos comum e mais caro, não existe sempre em estoque.

Estas dentaduras não são inquebráveis como se faz crer na publicidade que lhes é feita. É interessante observar que nem todos os grandes fabricantes de resinas e polímeros para próteses dentárias, colocam à disposição este tipo de material termoplástico. Claro que existe um nicho, como sempre. O conceito é sedutor e tem a vantagem estética dos ganchos «invisíveis», já mencionada.

Recordamos que a prótese parcial removível é uma solução a evitar e como tal não se deve pensar em usar uma prótese flexível, ou não flexível, durante muito tempo. Esta é uma regra geral que deve ser ponderada com alguma razão.

O Odontologista e o paciente devem discutir abertamente e sem preconceitos, sobre o problema da falta de dentes. A questão econômica deve estar presente porque o silicone é mais caro que a resina acrílica.

Se a dentadura se vai usar por pouco tempo, ou depois de extrações recentes, não faz sentido optar-se por uma prótese flexível de silicone. Qualquer prótese removível nesta situação depressa fica frouxa obrigando a fazer-se uma nova base ou mesmo uma prótese nova.

Prótese flexível - valor

Como referimos antes a prótese de silicone á mais cara que a de acrílico e aproxima-se do preço da esquelética. Como as outras o valor varia um pouco consoante a quantidade de dentes postiços que a prótese contém, mas podemos avançar um preço médio de R$1.468,00 para cinco ou seis dentes.

Comparação entre o silicone e a resina acrílica

Apesar das críticas apontadas às próteses flexíveis, temos que admitir que são menos alergénicas que as de acrílico (PMMA). Também apresentam maior resistência à fratura podendo ser construídas mais finas e delgadas, sendo nestes parâmetros melhores.

Principais marcas de polímeros flexíveis termoplásticos



@ Se faltam um ou mais dentes a solução pode ser → ponte dentária de porcelana.


 < ─ 3 ─ >